Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco Central da China promete cooperação para frear crise global

PEQUIM - O Banco Popular da China (PBOC, central) assegurou que continuará com seu trabalho de cooperação internacional com outras entidades centrais para atenuar os efeitos da crise financeira e conseguir a estabilidade dos mercados.

EFE |

Em entrevista à emissora estatal "CFTV", um porta-voz do banco central chinês declarou que a entidade "fortalecerá a cooperação com as instituições financeiras internacionais e os bancos centrais para combater conjuntamente a crise global e os riscos financeiros".

Na quarta-feira passada, o PBOC anunciou um corte de 0,27 ponto percentual nas taxas de juros, fixados agora em 6,93%, o segundo movimento de baixa em apenas três semanas.

Segundo o porta-voz, "a cooperação abrangerá políticas monetárias e tributárias, a indústria, exportações e políticas de regulação financeira, para ajudar a economia doméstica e equilibrar o âmbito internacional".

 

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG