Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco central chinês reduz taxa de juros para estimular a economia

Pequim, 29 out (EFE).- O Banco Popular da China (autoridade monetária) anunciou hoje a redução da taxa de juros de depósitos e empréstimos em 27 pontos, deixando a de empréstimos em iuanes a um ano em 6,66%, frente a 6,93%, e o de depósitos em iuanes a um ano em 3,60%, comparado ao 3,87% anterior.

EFE |

Em comunicado, o banco também anunciou o corte dos juros dos depósitos em iuanes a 3 anos em 36 pontos e os dos depósitos a 5 anos em 45 pontos.

Segundo a agência oficial "Xinhua", os cortes que entrarão em vigor amanhã, um dia antes da esperada redução da taxa de juros pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), tem como objetivo impulsionar o crescimento econômico do país.

Após a redução, a taxa de juros para os depósitos a um ano passará a partir de amanhã para 3,60%, frente à anterior de 3,87%, enquanto a de empréstimos a um ano cairá de 6,93% para 6,66%.

A decisão do banco central chinês é mais uma das registradas em todo mundo para estimular a economia em meio à crise financeira global. EFE pc/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG