Buenos Aires, 29 set (EFE).- O argentino Banco Província, de capital estatal, disse hoje que seus sistemas já estão prontos para as operações comerciais com moedas locais entre Brasil e Argentina.

A entidade, uma das maiores do país em seu setor, disse em comunicado que "se encontra em condições de realizar operações de comércio exterior desdolarizadas sob o sistema de pagamentos em moeda local (SML)".

O novo mecanismo, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, vai propiciar "uma significativa redução nos custos das transações que realizadas fundamentalmente entre pequenas e médias empresas" de ambos os países, destacou o Banco Província.

A entidade disse ser uma das primeiras instituições reconhecidas pelas autoridades brasileiras e argentinas como capaz de operar sob o novo sistema. EFE nk/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.