O banco imobiliário Hypo Real Estate (HRE) anunciou na noite deste sábado o fracasso do plano de 35 bilhões de euros - o maior da história da Alemanha - que deveria salvá-lo da bancarrota.

O consórcio de bancos envolvido na operação "se negou a fornecer as linhas de liquidez" previstas, segundo um comunicado divulgado pelo HRE.

Neste momento, o HRE está "determinando as conseqüências" da retirada para as entidades do grupo, enquanto outras medidas são estudadas para substituir o plano de resgate inicial, informa a nota.

O plano consistia no aporte imediato de liquidez por parte dos bancos e do Banco Central Europeu (BCE), assim como de uma garantia, por 35 bilhões de euros.

Ao todo, 26,5 bilhões de euros dsta garantia deveriam ser aportados pelo Estado alemão, enquanto os 8,5 bilhões restantes viriam dos bancos privados.

O plano, que havia sido aprovado na última quinta-feira pela Comissão Européia, foi anunciado no dia 29 de setembro após negociações entre o governo alemão e bancos privados.

pan/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.