São Paulo - Um grupo de 90 bancários, de acordo com a Polícia Militar (PM), está em frente a uma agência bancária, na Rua Dr. Braulio Gomes, na região da República, no centro de São Paulo. De acordo com a PM, a manifestação segue pacífica desde as 9 horas (de Brasília) e não atrapalha o trânsito, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Os bancários de São Paulo, Osasco e região entraram ontem em greve por tempo indeterminado, reivindicando reposição salarial de 7,15%, por conta do efeito da inflação, e mais 5% de aumento real, além da valorização dos pisos, auxílio-creche no valor de R$ 415, vale-refeição no valor de R$ 17,50 por dia e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) composta de três salários, mais valor fixo de R$ 3.500.

O sindicato dos bancários garante que o auto-atendimento aos clientes não será atingido pela paralisação e cabe às direções dos bancos decidirem se fecham ou se mantêm aberta a área dos caixas eletrônicos.

Leia mais sobre bancários

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.