SÃO PAULO - Bancários da região metropolitana de São Paulo realizam, nesta terça-feira, uma paralisação de 24 horas com o objetivo de reabrir as negociações para o reajuste de salários e benefícios da categoria. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, todas as agências de São Paulo e Grande São Paulo ficarão fechadas.

Acordo Ortográfico

A paralisação foi decidida em assembleia realizada nesta segunda-feira. De acordo com a assessoria do sindicato, a categoria rejeitou a proposta de 7,5% de reajuste salarial proposta pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os grevistas reivindicam 5% de aumento real e melhor participação nos lucros da empresa, com valor estipulado em três salários e mais R$ 3,5 mil.

Ainda de acordo com o sindicato, essa é apenas mais uma mobilização da categoria para tentar reabrir as negociações. O sindicato só está reivindicando o que é de direito. Nem mais nem menos, informou a assessoria. Por enquanto é apenas um aviso, como o protesto da terça passada, mas, caso a Fenaban não aceite negociar, podemos entrar em greve definitiva, completou.

Atendimento aos clientes

O atendimento aos cliente será prejudicado por conta da paralisação. Ainda de acordo com o sindicato, nenhum bancário atenderá nesta terça-feira. A recomendação é que os usuários dos bancos utilizem os caixas eletrônicos, auto-atendimento, internet, casas lotéricas e outras alternativas já que, segundo a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), as contas com vencimento nesta terça não terão o prazo adiado.

Os bancários estão reunidos em frente a praça da Patriarca, no centro de São Paulo e deveram seguir a pé pela cidade para convencer os bancários a fechar as agências que ainda estejam abertas.

Fenaban

A assessoria de imprensa da Federação Brasileira de Bancos, da qual a Fenaban faz parte, informou que por enquanto não tem nenhuma posição em relação à paralisação, apenas afirmou que as negociações para o reajuste já ocorrem há um mês.

Leia mais sobre: greve dos bancários

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.