Tamanho do texto

Os bancários de São Paulo, Osasco e Região aceitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ontem. A exceção ficou por conta dos funcionários da Caixa, que continuam em greve hoje para negociar a fórmula da participação nos lucros e resultados (PLR).

A Fenaban ofereceu reajuste de 10% para salários até R$ 2.500 e 8,15% para os demais vencimentos e para todos os benefícios. A PLR teve a fórmula modificada para 90% do salário, acrescida de R$ 966. Hoje à tarde, Fenaban e bancários terão audiência no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo para selar o acordo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.