Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ban quer intensificar processo de desnuclearização da Coréia do Norte

Nações Unidas, 16 jul (EFE) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu hoje aos seis países que negociam a desnuclearização da Coréia do Norte que intensifiquem seu trabalho para conseguir maiores avanços no processo.

EFE |

A porta-voz da ONU, Marie Okabe, disse que Ban expressou satisfação com as conquistas da recente reunião das partes em Pequim encerrada em 12 de julho, na qual acordaram estabelecer um mecanismo para verificar a desnuclearização da Coréia do Norte.

"O secretário-geral considera que estes avanços são uma grande contribuição à paz e à estabilidade do nordeste da Ásia", disse a porta-voz.

As duas Coréias, Estados Unidos, Rússia, Japão e China acordaram em Pequim a criação de um mecanismo de verificação do arsenal norte-coreano e o compromisso de Pyongyang de desmantelar o principal reator da Coréia do Norte em outubro.

Uma equipe de especialistas visitará as instalações nucleares norte-coreanas, analisará os documentos e se reunirá com os engenheiros nucleares do regime a fim de verificar o inventário.

Em troca do desmantelamento de Yongbyon, principal instalação nuclear norte-coreana, sem atividade há meses, antes que acabe outubro, China, EUA, Rússia, Japão e Coréia do Sul completarão o envio de um milhão de toneladas de petróleo pesado e outras ajudas econômicas para Pyongyang.

A Coréia do Norte fez seu primeiro teste nuclear em 9 de outubro de 2006, o que desencadeou uma crise internacional que levou a ONU a aplicar sanções contra o regime norte-coreano. EFE jju/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG