Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Balança comercial tem pior semestre da era Lula

Superávit nos seis primeiros meses de 2010 foi de US$ 7,8 bilhões; em junho, saldo caiu 50,5%

iG São Paulo |

A balança comercial brasileira encerrou o primeiro semestre de 2010 com o pior desempenho do governo Luiz Inácio Lula da Silva. O superávit ficou em US$ 7,887 bilhões, uma queda de 43,7% frente a igual período de 2009, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Foi o pior resultado desde os US$ 2,618 bilhões de saldo dos seis primeiros meses de 2002.

O resultado do semestre pode ser atribuído ao forte crescimento das importações, que saltaram 43,9% frente a igual período de 2009, totalizando US$ 81,302 bilhões. Já as exportações chegaram a US$ 89,189 bilhões, uma alta de 26,5% frente aos seis primeiros meses do ano passado.

A corrente de comércio no semestre cresceu 34,2%, passando de US$ 125,995 bilhões (média diária de US$ 1,032 bilhão) para US$ 170,491 bilhões (média diária de US$ 1,386 bilhão), em 2010.

Junho

No mês de junho, a balança registrou superávit de US$ 2,278 bilhões. O resultado é 50,5% menor que o observado em igual período de 2009, quando o saldo foi de US$ 4,604 bilhões. Frente ao mês de maio, o desempenho da balança também caiu: 33,9%.

Durante os 21 dias úteis de junho, as exportações totalizaram US$ 17,095 bilhões – uma média diária de US$ 814 milhões. O resultado é 18,2% maior que o registrado em igual mês do ano passado.

Por outro lado, as importações totalizaram US$ 14,817 bilhões, com uma média diária de US$ 705 milhões. O desempenho das importações superou em 50,2% o observado em junho de 2009.

A corrente de comércio (a soma entre importações e exportações) fechou o mês em US$ 31,912 bilhões, um crescimento de 31,2% na mesma base de comparação.

Leia tudo sobre: balança comercial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG