Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Balança comercial tem pior resultado desde 2002

BRASÍLIA - A balança comercial acumulou de janeiro a dezembro de 2008 um superávit de US$ 24,735 bilhões, o equivalente a um saldo médio diário de US$ 97,8 milhões. O valor é o pior desde 2002.

Redação com Valor Online |


Em 2008, as exportações somaram US$ 197,942 bilhões (média diária de US$ 782,4 milhões) e as importações, US$ 173,207 bilhões (média de US$ 684,6 milhões por dia útil). As informações são da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento (Secex).

Pelo critério da média diária, o saldo comercial de 2008 ficou 38,9% abaixo do de 2007, quando o superávit foi de US$ 40,032 bilhões ou US$ 160,1 milhões por dia.

Apesar de as exportações realizadas nos 253 dias úteis do ano terem sido recordes, ficaram abaixo da meta do governo de US$ 202 bilhões. No começo de dezembro, o o secretário de Comércio Exterior, Welber Barral, já admitia a possibilidade de não cumprir esse objetivo.

Ele citou como fatores adversos a valorização do dólar, a queda do preço do petróleo, a diminuição dos embarques de minério de ferro e os prejuízos causados pelas enchentes em Santa Catarina - que interromperam as operações do porto de Itajaí.

As importações também registraram valor recorde em 2008, assim como a corrente de comércio (soma de compras e vendas ao exterior), que somou US$ 371,149 bilhões.

O resultado final, porém, ficou ligeiramente acima da mediana das expectativas dos analistas de cem instituições financeiras consultadas semanalmente pelo Banco Central em seu relatório Focus, que era de superávit comercial de US$ 24 bilhões.

Leia mais sobre: balança comercial

 

Leia tudo sobre: balança comercial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG