A balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 1,682 bilhão no ano, até 11 de abril. O saldo é 61,1% menor que o de igual período de 2009 (US$ 4,325 bilhões).

A balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 1,682 bilhão no ano, até 11 de abril. O saldo é 61,1% menor que o de igual período de 2009 (US$ 4,325 bilhões). Apesar da queda no superávit, a corrente de comércio (soma das exportações e importações) no período, de US$ 86,198 bilhões, é 29,6% maior que a do mesmo período do ano passado (US$ 66,510 bilhões). As exportações no ano somam US$ 43,940 bilhões, com média diária de US$ 655,8 milhões, um aumento de 25,9% em relação à média de igual período de 2009 (US$ 520,9 milhões). As importações totalizam US$ 42,258 bilhões, com média diária de US$ 630,7 milhões, uma alta de 37,9% em relação ao mesmo período de 2009 (US$ 457,3 milhões). Apenas até o dia 11 de abril, a balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 790 milhões. Segundo os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no mês as exportações somam US$ 4,711 bilhões, com média diária de US$ 785,2 milhões, um aumento de 27,4% ante a média de US$ 616,1 milhões em abril de 2009 e de 14,8% em relação ao desempenho médio de março (US$ 683,8 milhões). No mês, as importações totalizam US$ 3,921 bilhões, com média diária de US$ 653,5 milhões. O desempenho foi 51,5% superior à média de abril de 2009. <i>As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.</i>
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.