TEGUCIGALPA (Reuters) - A presidente do Chile, Michelle Bachelet, disse na terça-feira que o fundo criado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para amenizar o impacto da crise econômica mundial nos países latino-americanos é insuficiente e deve ser ampliado. A presidente pediu que os acionistas majoritários do banco regional, entre eles os Estados Unidos, incrementem o fundo de 6 bilhões de dólares para proteger o crescimento econômico e os empregos na região.

"O BID anunciou que tinha uma linha de financiamento de 6 bilhões de dólares, mas a verdade é que esse valor é absolutamente insuficiente", disse Bachelet em encontro com empresários em Honduras, onde está em visita oficial.

"Aqui há a necessidade de liquidez, os bancos regionais de desenvolvimento devem ser capazes de responder às maiores necessidades de financiamento dos países integrantes", acrescentou.

(Reportagem de Gustavo Palencia)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.