Tamanho do texto

A escassez de crédito no mercado internacional por causa da crise financeira pode reduzir a frota da Azul Linhas Aéreas prevista para 2009, de 16 aeronaves, admite o presidente da empresa, Pedro Janot. O executivo não estimou qual seria o corte.

Como alternativa, diz que está em fase final de negociação um empréstimo de US$ 50 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o financiamento de duas aeronaves da Embraer. O BNDES confirma que a negociação está avançada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.