A Vulcabrás vai encerrar a operação na unidade da Azaléia em Portão, no Rio Grande de Sul. A decisão foi comunicada ontem aos cerca de 400 funcionários da fábrica, que poderão optar entre transferir-se para a sede, em Parobé (RS), ou rescindir contrato.

A Vulcabrás oferecerá transporte aos empregados que escolherem continuar na empresa. "O atual momento econômico não nos permite manter a descentralização das operações", justificou a fabricante de calçados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.