SÃO PAULO - A Avon suspendeu quatro executivos em meio a uma investigação interna de suborno. A informação foi noticiada em primeira mão pelo Wall Street Journal.

SÃO PAULO - A Avon suspendeu quatro executivos em meio a uma investigação interna de suborno. A informação foi noticiada em primeira mão pelo Wall Street Journal. A investigação começou nas operações da companhia na China e agora envolve mais países. A Avon confirmou a suspensão do diretor geral das operações na China, de um ex-diretor financeiro da companhia no país e que agora estaria atuando na Malásia, o diretor de relações institucionais na China e ainda o vice-presidente de finanças, Ian Rossetter. A porta-voz da Avon, Nancy Glaser, afirmou que as investigações estão em andamento e que a companhia ainda não chegou a uma conclusão sobre o caso. A companhia, que tem sede em Nova York, tinha revelado, em outubro de 2008, que estava examinando alguns gastos na unidade da China com viagem, entretenimento, entre outros fins. Há pouco, as ações da Avon tinham queda de mais de 8%. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.