Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Aviões comerciais dos EUA terão que instalar dispositivo contra explosões

Washington, 16 jul (EFE).- As autoridades federais dos Estados Unidos anunciaram hoje que, nos próximos dois anos, as linhas aéreas do país terão que instalar um dispositivo especial no tanque de combustível de certos aviões.

EFE |

A medida, que tem como objetivo evitar possíveis explosões, foi anunciada pela secretária de Transporte, Mary Peters, 12 anos depois que um Boeing 747 da TWA foi pelos ares devido a problemas no seu tanque de combustível, matando 230 pessoas.

Após a explosão, o avião, que decolara do aeroporto JFK, em Nova York, caiu sobre as águas do Atlântico, em frente a Long Island.

Fontes do Departamento de Transporte disseram que o dispositivo de segurança terá de ser instalado em aviões de passageiros e de carga que tenham tanques de combustível na parte do meio.

Por conta da medida, 2.730 aviões de passageiros da Airbus e da Boeing fabricados desde 1991 terão que ser adaptados à nova norma.

"Achamos que (a medida) salvará vidas", disse, em entrevista coletiva, Mark Rosenker, presidente da Junta Nacional de Segurança no Transporte (NTSB, na sigla em inglês).

Especialistas da NTSB que investigaram o acidente da TWA disseram que a explosão de 12 anos atrás foi provocada pela queima de oxigênio no tanque parcialmente vazio do Boeing, que, antes de decolar, havia ficado várias horas debaixo do sol. EFE ojl/sc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG