Nova York, 2 set (EFE).- Um avião da companhia americana JetBlue que se dirigia a Syracuse, no estado de Nova York, retornou hoje ao aeroporto internacional John F.

Kennedy (JFK) depois que o piloto detectou um cheiro incomum na cabine, confirmou à Agência Efe uma porta-voz da companhia aérea.

É a segunda vez em uma semana que um avião dessa companhia aérea de baixo custo se vê obrigado a retornar ao aeroporto nova-iorquino por causas similares.

Nesta ocasião, o avião da JetBlue, com 59 passageiros e quatro tripulantes a bordo, retornou ao terminal do aeroporto JFK 20 minutos após ter decolado.

A porta-voz assegurou que o piloto decidiu retornar ao aeroporto "como medida de precaução" e insistiu que "não houve nenhuma aterrissagem de emergência".

Segundo o porta-voz, os responsáveis pela manutenção da companhia estão examinando o avião para tentar determinar a causa desse cheiro incomum. EFE bj/bm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.