Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Aviação apresenta em setembro propostas para mão-de-obra especializada

SÃO PAULO - No dia 16 de setembro representantes da aviação geral brasileira e da indústria vão se reunir com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, para apresentar propostas a fim de controlar a escassez de mão-de-obra especializada nesta segmento no país. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag), Rui Thomaz Aquino, já está faltando piloto no Brasil.

Valor Online |

Ele disse que essa falta de mão-de-obra, inclusive, tem forçado as companhias aéreas regulares a modificar suas exigências mínimas para contratação. Há alguns anos, um piloto tinha de ter 3 mil horas de vôo para ser contratado por uma companhia aérea. Isso foi caindo para 2,5 mil horas, 2 mil horas e, hoje, com mil horas de vôo, um piloto já pode ser contratado, afirmou Aquino.

Segundo a Abag, o Brasil, que tem 70 mil pilotos registrados, sofre com o êxodo de profissionais para mercados em expansão e que não têm grande estrutura de formação mas muita demanda, como Rússia, Índia e China. O mesmo ocorre com mecânicos especializados, deixando a oferta de mão-de-obra no país estrangulada. Temos que formar pilotos tanto para nós como para esses outros mercados, afirmou Aquino, explicando que o crescimento econômico desses países eleva a demanda por pilotos, acompanhando a expansão dos negócios.

Aquino afirma que entre as propostas que podem ser apresentadas a Jobim estão o financiamento pela Caixa Econômica Federal a pessoas interessadas em se tornar pilotos. Outra alternativa seria o incentivo direto à modernização das escolas e aeroclubes, assim como à criação de novos centros de formação. Segundo Aquino, a maioria dessas escolas têm mais de 30 anos e, assim, o ensino é feito em aviões com tecnologia defasada.

As propostas, no momento, estão em discussão na Abag e na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que também participará do encontro no dia 16.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG