Tamanho do texto

Pequim, 7 abr (EFE).- Pelo menos 14 pessoas permanecem soterradas após a queda de uma avalanche de pedras hoje em uma mina na província chinesa de Sichuan, informou a agência estatal de notícias "Xinhua".

Pequim, 7 abr (EFE).- Pelo menos 14 pessoas permanecem soterradas após a queda de uma avalanche de pedras hoje em uma mina na província chinesa de Sichuan, informou a agência estatal de notícias "Xinhua". O acidente ocorreu na cidade de Emei Shan. Segundo a "Rádio Nacional da China" ("CNR"), o Governo local reuniu uma equipe de resgate composta por 100 pessoas para realizar os trabalhos de socorro. Uma porta-voz do Governo de Emei Shan informou que autoridades municipais e provinciais se deslocaram ao local do acidente, cuja causa ainda é desconhecida. O Governo local enviou uma dezena de escavadeiras para retirar as pedras e permitir que as equipes de resgate encontrem as pessoas soterradas. Esta é mais uma tragédia no perigoso setor de mineração da China depois que 153 trabalhadores ficaram presos em uma mina de carvão na província central chinesa de Shanxi, dos quais 115 foram resgatados com vida. Até o momento, as equipes de resgate retiraram nove corpos em Shanxi. Não se sabe qual é o estado dos outros trabalhadores presos. O setor de mineração da China chinês é o que registra a maior mortalidade do mundo, com mais de 2,6 mil mortos no ano passado apenas em minas de carvão. No entanto, este número é inferior às quase 7 mil vítimas de 2002. EFE mz/sa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.