San Francisco, 14 out (EFE) - A Comissão Federal de Comércio (FTC, em inglês) dos Estados Unidos anunciou hoje a desarticulação, em Chicago, de uma das maiores redes de envio de spam do mundo.

O grupo gerava e-mails anunciando a venda de remédios e comprimidos para aumentar a potência sexual masculina, destacaram fontes da FTC.

A Polícia trabalhou estreitamente nesta operação com seus colegas da Nova Zelândia, acrescentou a FTC, que dará mais detalhes sobre a rede de spam em entrevista coletiva ao longo do dia.

Em abril, 100 bilhões de spams foram recebidos ou enviados todos os dias no mundo todo, mas o número cresceu a um ritmo menor nos últimos anos.

Um estudo recente da firma de antivírus Sophos concluiu que os Estados Unidos foram o maior emissor de spam nos primeiros três meses do ano, com 21,3% do total, seguido de Rússia, com 7,4%, Turquia, com 5,9%, e China, com 5,5%. EFE pg/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.