Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Autoridades canadenses concedem US$ 3,24 bilhões a montadoras

Toronto (Canadá), 20 dez (EFE) - As autoridades canadenses anunciaram hoje que concederão quatro bilhões de dólares canadenses (US$ 3,24 bilhões) à General Motors (GM), Ford e Chrysler para que mantenham suas operações no país. O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, e o primeiro-ministro da província de Ontário, Dalton McGuinty, anunciaram em uma conferência conjunta hoje em Toronto que as autoridades federais concederão 2,7 bilhões de dólares canadenses e as de Ontário, outros 1,3 bilhão de dólares canadenses. A província de Ontário concentra todas as fábricas de montagem de veículos existentes no Canadá. Além das de General Motors, Ford e Chrysler, a japonesa Toyota conta com fábricas de veículos no Canadá.

EFE |

As autoridades canadenses tinham se comprometido a fornecer ajuda financeira às montadoras americanas com a condição de que, antes, os Estados Unidos aprovassem um pacote de medidas similares.

Na sexta-feira, o presidente americano, George W. Bush, anunciou que o Governo concederá US$ 17,4 bilhões à GM e Chrysler para evitar seu colapso. A Ford afirmou que, atualmente, não precisa de auxílio financeiro.

Harper justificou a decisão de ajudar as montadoras com que "é um enorme problema encarado pela economia de Ontário, e por extensão a economia canadense, e é crítico que trabalhemos de forma conjunta".

Porém, o líder acrescentou que a ajuda às três automobilísticas não é "um cheque em branco" e que as autoridades canadenses imporão condições aos bilhões de apoio.

O primeiro-ministro de Ontário disse que a medida é necessária para manter milhares de postos de trabalhos vitais para a província mais industrial do país. EFE jcr/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG