SÃO PAULO - A companhia aérea estatal austríaca Austrian Airlines anunciou planos para retirar de operação 12 aeronaves CRJ, fabricadas pela Bombardier.

Segundo a empresa, um dos CRJs será aposentado, dois serão substituídos por aeronaves Q400 (também produzidos pela Bombardier) que serão adquiridos da escandinava SAS. Os nove outros aviões serão colocados à venda.

A Austrian ainda afirmou que tem a intenção de elevar as receitas com sua subsidiária de manutenção Austrian Technik Bratislava. Para isso, irá concentrar esforços em prestar serviços a operadores de aeronaves Fokker, modelos F-70 e F-100.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.