Sydney (Austrália), 12 out (EFE).- O primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, anunciou hoje três medidas para combater a crise financeira.

Tais disposições começam por garantir todos os depósitos bancários durante os próximos três anos e continuam por injetar outros 4 bilhões de dólares australianos (US$ 2,645 bilhões) em apoio do mercado hipotecário.

O trabalhista Rudd acrescentou que a terceira medida é aprovar todos os financiamentos por atacado das sociedades bancárias australianas nos mercados internacionais.

O governante confiou em que este conjunto de disposições ajudará os bancos australianos a superar a crise. EFE mg/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.