Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Aumento do valor de mercado da Braskem é um dos desafios para novo presidente da empresa

SÃO PAULO - O aumento do valor de mercado da Braskem é um dos principais desafios de Bernardo Gradin, que assume hoje a presidência da companhia. É uma obsessão, afirmou o executivo, que vai substituir José Carlos Grubisich, deslocado pelo grupo Odebrecht para presidir a ETH Bioenergia, do setor de açúcar e etanol.

Valor Online |

Apesar do crescimento vigoroso da Braskem nos últimos anos, as ações da empresa não refletiram esse movimento e seguiram andando de lado. O principal responsável por isso foi o preço do barril de petróleo, que disparou e segue colecionando recordes, trazendo consigo o preço da nafta petroquímica, principal matéria-prima do setor e que representa cerca de 80% dos custos totais das empresas.

Diante desse cenário, Gradin deverá tomar as rédeas das negociações entre a Braskem e a Petrobras, fornecedora da nafta, com vistas a revisar a política de preços do insumo. Grande consumidora de nafta, a Braskem pleiteia um desconto atrelado aos volumes adquiridos, bem como uma mudança da política de preços, diante da nova posição do Brasil em termos de reservas de petróleo.

Independentemente disso, Gradin informou que dará continuidade ao processo de redução de custos e de aumento de produtividade, que tem o objetivo de amenizar o impacto da nafta cada vez mais cara. Também continuam os projetos de prospecção de matéria-prima mais barata no Brasil e no exterior. As diretrizes e estratégias serão mantidas. Temos uma agenda clara da nossa equação de matéria-prima, que passa desde Petrobras aos nossos projetos greenfield, afirmou o novo presidente da Braskem.

E as negociações com a estatal do petróleo continuam sem definição, embora o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, já tenha dito que entende os argumentos do setor. Gradin espera que um acordo seja definido o mais breve possível, mas não fez previsões.

É forte no mercado o sentimento de que uma revisão na política de preços da nafta poderia ajudar a elevar o preço das ações da Braskem. No dia em que a o diretor da Petrobras disse entender os argumentos do setor petroquímico, as ações da empresa subiram de forma importante, porém voltaram aos patamares anteriores, já que nenhum acordo foi anunciado oficialmente.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG