Tamanho do texto

RIO DE JANEIRO - O aumento nominal de 17,7% no valor da produção agrícola do País em 2007, ante o ano anterior, foi o maior apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em quatro anos, segundo observou o técnico do instituto responsável pela Pesquisa Agrícola Municipal, Carlos Alfredo Barreto Guedes. Em 2006, o valor da produção tinha subido apenas 3,61% ante o ano anterior e, em 2005, havia sido registrado um recuo de 14,09%.

O coordenador de agropecuária do instituto, Flávio Bolliger, disse que o aumento no valor ocorreu devido a uma conjunção favorável que reuniu ótimos preços internacionais para produtos como soja e milho e bom clima. Segundo ele, o ano de 2007 foi marcado por um quadro excepcional no qual, apesar da produção agrícola elevada, o aquecimento da demanda ocorreu de tal maneira que a maior oferta de produtos não foi suficiente para deprimir os preços.

"O ano passado foi positivo para a agricultura, ainda que os custos de produção estivessem elevados, o clima e os preços foram favoráveis", avaliou Guedes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.