Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Aumenta prazo para repasse de dólares a exportadores

Por sugestão das instituições financeiras, o Banco Central anunciou que dólares comprados nos leilões para o financiamento do comércio exterior poderão ser repassados aos exportadores em até 30 dias úteis. O argumento dos bancos era que o prazo de dez dias concedido inicialmente era curto, o que poderia inviabilizar a operação.

Agência Estado |

O principal obstáculo seria a forte volatilidade do mercado. Isso, segundo os analistas, tem "travado" a concessão de créditos à exportação porque bancos e empresas têm preferido esperar - quando é possível - para evitar a contratação do empréstimo com câmbio desfavorável.

"O prazo anterior era muito exíguo. Não havia muito sentido em dez dias porque o mercado está numa situação atípica. Seria preciso que os quatro bancos (que compraram dólares do BC) repassassem US$ 162 milhões por dia", disse fonte de uma das instituições que adquiriram a moeda americana na segunda-feira, quando o BC fez o primeiro - e único, até agora - leilão de dólares vinculado a financiamento de comércio exterior, vendendo US$ 1,62 bilhão.

Na média, o mercado tem repassado, por dia, menos de US$ 100 milhões em crédito à exportação. O argumento dos bancos é que, apesar da falta de dólares, exportadores também receiam tomar o crédito, o que impediria a distribuição do recurso no prazo estabelecido.

A preocupação surgiu após o anúncio do BC de que bancos que adquirirem dólares e não conseguirem repassá-los aos exportadores estarão sujeitos a advertência, multa e até inabilitação. O BC também afirmou que poderá adotar medidas para receber de volta os dólares e tentar realocar o dinheiro no comércio exterior. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG