A audiência de Bernard Madoff, investidor nova-iorquino acusado de aplicar um gigantesco golpe de 50 bilhões de dólares, foi anulada nesta quarta-feira, depois que ele aceitou novas e mais rígidas condições de liberdade condicional, anunciaram fontes do tribunal. A audiência foi anulada, declarou o juiz Gabriel Gorenstein.

Detido na última quinta-feira, Madoff tinha de se apresentar hoje diante de um juiz de Nova York, para pedir a manutenção de sua liberdade sob fiança. Foi solto, depois de se comprometer a pagar uma fiança de 10 milhões de dólares, abonada por quatro pessoas.

Madoff conseguiu apenas dois fiadores, seu irmão e sua mulher, apesar do prazo adicional de 24 horas concedido para cumprir a exigência. Após aceitar condições mais duras de liberdade condicional, como prisão domiciliar, bracelete eletrônico e arresto de propriedades que sua esposa possui em Nova York e na Flórida, o golpista conseguiu evitar sua prisão.

Sua mulher também teve de entregar o passaporte, documento que já havia sido retirado de Madoff.

sms-mes/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.