Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ator Keanu Reeves vai à Justiça nos EUA negar agressão a paparazzo

O ator canadense Keanu Reeves desmentiu, nesta terça-feira, em um tribunal da Califórnia (leste), ter lançado seu carro contra um paparazzo, no segundo dia do processo civil aberto pelo fotógrafo, em Los Angeles, para obter indenização.

AFP |

Reeves disse ao júri que Alison Silva caiu sozinho, ao andar para trás. Já Silva alega que, ao cair, machucou o pulso, depois de ser atingido pelo Porsche do ator.

Ao ser interrogado por seu advogado e pelo de Silva, o protagonista de "Matrix" também negou ter fugido. Reeves garantiu ter parado, disse que pediu a testemunhas do acidente que ligassem para os serviços de emergência e até ofereceu água ao fotógrafo.

O paparazzo, que presta depoimento nesta terça à tarde (hora local), afirma que teve de gastar cerca de 40.000 dólares em cuidados médicos desde o incidente ocorrido em março de 2007, em Palos Verdes (sudoeste de Los Angeles).

tq/tt

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG