Tamanho do texto

Nova York, 3 mai (EFE).- A atividade do setor manufatureiro nos Estados Unidos aumentou em abril pelo nono mês consecutivo e um pouco mais do que se previa, informou hoje o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

Nova York, 3 mai (EFE).- A atividade do setor manufatureiro nos Estados Unidos aumentou em abril pelo nono mês consecutivo e um pouco mais do que se previa, informou hoje o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês). O índice de atividade elaborado pela entidade subiu no mês passado para 60,4 pontos, frente aos 59,6 pontos de março, e se situa no nível mais elevado desde junho de 2004. O índice de abril foi inclusive mais alto do que previam os economistas, que o estimavam em torno de 60 pontos. Um índice superior a 50 pontos reflete um avanço generalizado da atividade nas empresas do setor. Já abaixo desse nível aponta para uma contração. O presidente do comitê do ISM encarregado da pesquisa, Norbert Ore, ressaltou que as empresas manufatureiras americanas seguem uma tendência sólida nos novos pedidos e também melhora o nível de emprego. "Em geral, a recuperação da atividade manufatureira continua sendo bastante forte e os sinais de contínuo crescimento são positivos", manifestou em comunicado à imprensa. O subíndice relativo a novos pedidos subiu para 65,7 pontos em abril, dos 61,5 pontos em março, e o de emprego aumentou para 58,5 pontos, dos 55,1 pontos, nesse mesmo período comparado. O subíndice correspondente aos preços que pagaram as empresas por bens e serviços para desenvolver sua atividade subiu para 78 pontos em abril, comparado com 75 pontos no mês anterior. EFE vm/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.