Nova York, 2 set (EFE).- A atividade do setor manufatureiro nos Estados Unidos caiu levemente em agosto a respeito de julho, e persistem os sintomas de estagnação que predominam este ano, segundo dados do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, em inglês) divulgados hoje.

O índice de atividade nesse setor ficou no mês passado em 49,9 pontos, comparado aos 50 pontos de julho e alinhado ao esperado pelos analistas.

Um índice acima de 50 pontos reflete um crescimento do setor e, abaixo desse nível, uma contração da atividade.

Este índice se movimentou entre os 48 e os 51 pontos desde setembro do ano passado, e está em uma média de 49,6 pontos nos últimos doze meses.

Norbert Ore, economista do ISM, ressaltou por ocasião da divulgação dos dados que o relatório reflete "os primeiros sintomas" de uma queda nos preços pagos pelos fabricantes por matérias-primas e serviços, mas continuam elevados.

Os pedidos de bens para a exportação também mostram um panorama propício, "e isso é importante para os fabricantes, enquanto a demanda nacional continua sendo fraca na maioria dos setores", acrescentou Ore.

O subíndice que mede os novos pedidos subiu em agosto para 48,3 pontos, frente aos 45 pontos do mês anterior, enquanto o do emprego caiu para 49,7 pontos, diante dos 51,9 pontos anteriores.

O subíndice de preços caiu para 77 pontos, diante dos 88,5 pontos de julho, e o de exportações ficou em 57 pontos, comparado aos 54 pontos de julho. EFE vm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.