Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Atividade industrial na Europa bate mínima histórica

O índice de atividade industrial dos gerentes de compra da zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) sinalizou contração no setor pelo quinto mês consecutivo em outubro, recuando de 45 em setembro para 41,1 no mês passado - o menor nível já registrado desde o início da pesquisa, há 11 anos. Economistas esperavam queda para 41,3.

Agência Estado |

Uma leitura acima de 50 sinaliza crescimento no setor industrial e um nível abaixo de 50 para o índice sugere contração.

A produção teve um declínio mais acentuado do que o previsto na Alemanha, França, Itália e Espanha, contribuindo para reforçar os receios de que a zona do euro passa por um período de recessão e que a contração na economia deve ser maior do que o esperado.

Na Alemanha, o índice caiu para 42,9 em outubro - menor nível em sete anos - ante 47,4 em setembro e em comparação a expectativas de queda para 43,3. Na França, a queda foi de 43 em setembro para 40,6 no mês passado, enquanto analistas projetavam declínio para 40,8. Na Itália, o índice caiu para 39,7 em outubro, ante 44,4 no mês anterior. Na Espanha, o índice atingiu 34,6 - o menor nível já registrado - em comparação a 38,3 em setembro.

China

O índice CLSA de atividade industrial dos gerentes de compra da China caiu para 45,2 em outubro - menor nível já registrado - em comparação a 47,7 em setembro, de acordo com a consultoria britânica Markit Group. Este foi o terceiro mês consecutivo em que o índice registrou valor menor do que 50, o que indica uma desaceleração na atividade industrial da China. A leitura acima de 50 representa crescimento. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG