O índice de atividade industrial Markit subiu para 57,6 em abril, de 56,6 em março, superando a divulgação preliminar de 57,5

O setor manufatureiro da zona do euro continuou a se fortalecer em abril, mais que o estimado anteriormente, com a produção industrial atingindo o maior nível em quase dez anos conduzida pelo desempenho recorde da Alemanha, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira. Os dados foram coletados pelo Markit entre 12 e 23 de abril.

A leitura foi a mais alta desde junho de 2006 e marca o sétimo mês consecutivo acima de 50, nível que separa crescimento de contração.

O índice de produção subiu para 61,2, de 59,8 em março, abaixo da leitura preliminar do mês de 61,3, mas a maior desde junho de 2000.

Pela primeira vez em 18 meses, as manufatureiras conseguiram ver aumento nos preços, com o índice de preços de produção subindo para 54,4, de 49,9 em março --acima de 50 pela primeira vez desde outubro de 2008.

O índice de emprego no setor manufatureiro continuou abaixo de 50 pelo 23o mês consecutivo, mas ficou bem perto da estabilização.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.