O Indicador do Nível de Atividade (INA) da indústria paulista cresceu 2,8% em março ante fevereiro, com ajuste sazonal, segundo dados divulgados hoje pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). No cálculo sem ajuste sazonal, o nível de atividade industrial registrou alta de 18% na mesma base de comparação.

O Indicador do Nível de Atividade (INA) da indústria paulista cresceu 2,8% em março ante fevereiro, com ajuste sazonal, segundo dados divulgados hoje pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). No cálculo sem ajuste sazonal, o nível de atividade industrial registrou alta de 18% na mesma base de comparação. Em relação a março de 2009, o INA aumentou 20,7% no mês passado. Nos últimos 12 meses até março de 2010, o indicador registrou queda de 1,1%.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria paulista subiu para 81,6% em março, com ajuste sazonal, de 79,1% em fevereiro. Na variação sem ajuste sazonal, o Nuci do mês passado avançou para 81,3% ante 76,4% em fevereiro.

A confiança dos empresários da indústria paulista caiu para 55,9 pontos em abril ante 57,7 pontos em março, segundo a Fiesp. Nos cálculos do indicador Sensor, o patamar de 50 pontos é considerado equilíbrio. Resultados abaixo dessa marca indicam pessimismo e acima, otimismo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.