Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Atentados em Mumbai: Taj Mahal e Trident reabrem suas portas

Uma ala do palácio Taj Mahal e o hotel Trident de Mumbai, dois hotéis de luxo atacados no fim de novembro por um comando islamita reabriram suas portas aos clientes, constatou neste domingo um jornalista da AFP.

AFP |

Desde cedo, quase cem dos 550 quartos do Trident já estava ocupados, e os quatro restaurantes do hotel funcionavam a pleno vapor, apenas um mês depois do ataque aos hóspedes e funcionários com armas automáticas no estabelecimento.

Pouco antes da reabertura do Trident, os empregados e os convidados assistiram nas dependências do hotel a rezas ecumênicas de hindus, muçulmanos, cristãos, budistas, entre outros fiéis.

No Taj Mahal vizinho, para a reabertura da ala moderna, construída em 1970 e batizada Tower, mil convidados se reuniram numa recepção privada à tarde. À noite, 268 quartos e sete restaurantes devem voltar a funcionar.

"É uma mensagem enviada aos terroristas: os negócios não param, os hotéis não fecham. Não tenho mais medo, tenho esperança. Os terroristas fracassaram e os habitantes de Mumbai ganharam", disse Rick McElrea, um canadense que mora em Mumbai com sua mulher Diane Deblois e seus filhos, Emilie e Jesse, que foram tomar café da manhã no Trident.

Das 163 pessoas mortas pelos 10 assaltantes de Mumbai de 26 a 29 de novembro, 22 clientes e 10 funcionários foram mortos no Trident e 31 pessoas no Taj.

Raymond Bickson, chefe do grupo Indian Hotels, que administra o Taj, disse que esta reabertura muito rápida "é a afirmação dos valores de coragem, de resistência e dignidade" e também uma homenagem às vítimas desses atentados.

O Taj Mahal, inaugurado em 1903, se tornou rapidamente o hotel mais bonito de Mumbai, onde são hospedados reis e rainhas, astros da música e do cinema e milionários de passagem na capital econômica da Índia.

O Taj pertence ao conglomerado Tata cujo presidente Ratan Tata se comprometeu a "reconstruir e restaurar cada centímetro para que ele reencontre sua glória passada".

Construído graças aos fundos do avô de Tata --o industrial e filântropo Jamsetji Nusserwanji Tata, - o Taj possui 565 quartos, alugados entre 365 e milhares de dólares a noite.

Seu impressionante domo vermelho domina o porto de Mumbai, onde as tropas britânicas reembarcaram em 1947, após a independência da Índia.

phz/nr/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG