O Vaticano anunciou um déficit de US$ 14 milhões nas contas da Santa Sé. Nos últimos três anos, essas contas se beneficiaram do boom imobiliário, do aumento dos aluguéis de seus imóveis e do bom desempenho das ações que possui.

A Igreja diz que a queda é decorrente da diferença entre o euro e o dólar e dos problemas nas ações em que havia investido na bolsa. A Igreja anglicana publicou esta semana uma oração. "Deus, vivemos em dias difíceis em todo o mundo. Deus, seja nossa torre de fortaleza."

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.