NOVA YORK (Reuters) - A maior operadora de telecomunicações dos Estados Unidos, AT&T, anunciou que vai eliminar 12 mil empregos, ou cerca de 4 por cento da força de trabalho, em uma nova rodada de cortes para lidar com a desaceleração da economia. A AT&T informou que vai cortar os empregos entre o final deste ano e 2009 e assumir encargos de cerca de 600 milhões de dólares no quarto trimestre de 2008.

A decisão segue anúncio da companhia feito em abril de redução de 4.600 postos, principalmente em cargos administrativos. Além disso, a empresa tinha revelado no final do ano passado um plano de três anos para cortar 10 mil empregos.

"Os cortes de empregos não são surpreendentes diante do enfraquecimento nas tendências de telefonia fixa residencial", afirmou o analista Chris Larsen, do Credit Suisse.

A AT&T é apenas uma entre várias companhias de tecnologia e de mídia que estão tentando cortar custos para sobreviver. A Viacom informou na quinta-feira que vai eliminar 7 por cento de sua força de trabalho, ou 850 empregos, enquanto a Adobe Systems anunciou um dia antes que vai eliminar 8 por cento de sua equipe, ou 600 empregos.

(Por Ritsuko Ando)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.