Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Assim como Dilma, Serra critica barreiras externas contra etanol

SÃO PAULO - A crítica contra barreiras protecionistas ao etanol em mercados importantes como Europa e Estados Unidos foi destaque do discurso do governador paulista, José Serra, na abertura da Conferência Internacional sobre Biocombustíveis realizada hoje em São Paulo. Serra antecedeu a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, que também enfatizou a questão posteriormente. Segundo ele, já foram investidos cerca de R$ 150 milhões em pesquisas na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), em projetos com parceria do setor público e privado, como as empresas Dedini e Braskem, para garantir que o estado continue tendo a maior produtividade de cana-de-açúcar e de etanol do mundo.

Valor Online |

O governador lembrou que a produção do biocombustível no Brasil não tem os "efeitos adversos" ambientais que são mencionados internacionalmente e que, portanto, não se justificam as barreiras internacionais existentes hoje em dia.

Em discurso muito parecido com o da ministra Dilma, Serra destacou ainda que é preciso garantir a expansão do mercado internacional para garantir exportações. Para isso, ele concorda ser necessário estimular a produção internacional do produto para garantir estoques suficientes para atender a futura demanda pelo produto. "Isso nos ajudaria muito a difundir e ampliar as importações de etanol", disse.

O governador afirma que mesmo com a crise internacional, os biocombustíveis sustentam competitividade em relação a gasolina. Problemas de empresas com crédito "podem estar existindo", mas o governador espera que isso seja superado.

Questionado sobre o andamento das negociações de compra da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil, o governador se negou a comentar o assunto. "Isso está muito samba de uma nota só", justificou. Desde a semana passada, o mercado tem expectativa de que a aquisição seja anunciada ainda nesta semana.

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG