Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Assessor de Bush vê recuperação

Mais otimista que os prêmios Nobel, Edward Lazear, chefe do Conselho de Assessores Econômicos do presidente George W. Bush, disse ontem esperar que a recuperação (da recessão nos Estados Unidos) comece no início do próximo governo.

Agência Estado |

Ele evitou ser exato sobre o período de tempo que deve durar a recessão americana, mas previu que este trimestre e o próximo serão "problemáticos". Lazear também participou do primeiro dia do encontro Lames-Lacea.

O economista, que está na equipe de transição que prepara a passagem de governo para Barack Obama em janeiro, espera que as medidas já tomadas pelo atual governo, incluindo a capitalização do sistema financeiro, comecem a funcionar durante o próximo mandato presidencial.

Ele ressalvou que não fala pelo próximo governo, para acrescentar que espera que Obama dê continuidade a políticas atuais como a de "abertura comercial" ao exterior, a "permissão para os mercados funcionarem", e que não deixe os impostos subirem.

Lazear, que é professor da Universidade de Stanford, ressaltou a importância do esforço coordenado entre os países na regulação do sistema financeiro.

Ele disse que não prevê "nenhum período significativo de deflação". O índice de preços no varejo nos EUA caiu 1% em outubro. Lazear declarou que alguma deflação neste trimestre é boa porque se refere aos preços da energia e a redução deles "ajuda os consumidores e se traduzirá em crescimento" da economia.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG