Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Asiáticas voltam a subir com Wall Street e petróleo

A maioria das bolsas asiáticas teve mais um dia de alta. Os ganhos em Wall Street ditaram os rumos dos negócios na região, assim como a manutenção da queda na cotação do petróleo.

Agência Estado |

O fortalecimento dos mercados chinês e americano não foi suficiente para sustentar os ganhos iniciais na Bolsa de Hong Kong, onde as preocupações com o recuo do mercado imobiliário levaram as ações a fechar em leve queda. O índice Hang Seng caiu 0,2% e fechou aos 23.087,72 pontos.

Na China, ações do setor imobiliário e do financeiro subiram com a expectativa de que o governo venha a desapertar a política monetária, depois que um comitê de parlamentares se pronunciou preocupado quanto à desaceleração do crescimento econômico. O índice Xangai Composto subiu 2,6% e fechou aos 2.910,29 pontos. O Shenzhen Composto subiu 2,4% e fechou aos 866,64 pontos. Yuan - O esforço do banco central chinês de conduzir a relação dólar-yuan em baixa foi mais eficiente que o efeito do fortalecimento da moeda norte-americana ontem à noite, reduzindo a alta do yuan. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8289 yuans, de 6,8297 yuans ontem. O Banco do Povo da China fixou a taxa de paridade central dólar-yuan em 6,8297 yuans, ante 6,8279 yuans na véspera.

Na Coréia do Sul, o dia foi marcado pela volta de investimento estrangeiro no mercado de ações. O índice Kospi da Bolsa de Seul subiu 2,2% e fechou aos 1.626,14 pontos. Em Taiwan, a bolsa teve sua quarta sessão seguida de alta, sustentada pela grande procura por barganhas. O índice Taiwan Weighted da Bolsa de Taipé subiu 0,8% e fechou aos 7.368,08 pontos. Nas Filipinas o dia foi de forte alta, com os investidores mantendo a procura por barganhas. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila subiu 2,96% e fechou aos 2.535,91 pontos, maior patamar desde agosto do ano passado. Fortes ganhos nos setores industrial e financeiro sustentaram a bolsa australiana, que fechou em leve alta. Já os setores de mineração e energia foram afetados pela queda nos preços das commodities e tiveram perdas. O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney subiu 0,8% e fechou aos 5.144,1 pontos. Rio Tinto caiu 4,1%.

A Bolsa de Cingapura teve leve baixa, uma vez que realizações de lucros corroeram os ganhos das horas iniciais. O índice Straits Times desceu 0,04% e fechou aos 2.977,91 pontos. A estabilidade da rupia e os ganhos nos demais mercados asiáticos fizeram o índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subir 1,4% e fechar aos 2.257,05 pontos. A queda de papéis de energia com o recuo dos preços do petróleo e realizações de lucros em ações de bancos, após fortes altas, levaram o mercado tailandês ao território negativo. O índice SET da Bolsa de Bangcoc perdeu 0,4% e fechou aos 691,48 pontos. Na Malásia, ganhos em papéis do setor financeiro, de construção e de ações selecionadas na última hora inverteram o sinal e o mercado terminou positivo. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur ganhou 0,2% e fechou aos 1.141,59 pontos. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG