As bolsas asiáticas apresentaram números mistos nesta sexta-feira. Alguns mercados da região seguiram no encalço das perdas em Wall Street, enquanto outros reagiram positivamente a fatores locais.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237575324002&_c_=MiGComponente_C

Após quatro pregões consecutivos de alta, a Bolsa de Hong Kong teve ligeira baixa devido à realização de lucros. O Hang Seng caiu 55,72 pontos, ou 0,3%, e terminou aos 22.498,15 pontos - na semana, o índice acumulou valorização de 6,5%.

A Bolsa de Xangai, na China, fechou em expressiva alta, liderada pelas ações de grandes bancos. O Xangai Composto subiu 1,6% e encerrou aos 3.317,04 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 1,6% e terminou aos 1.214,74 pontos.

A pequena variação da taxa de paridade central dólar-yuan fez a moeda chinesa ficar estável em relação à unidade norte-americana. No mercado de balcão, às 4h30 (horário de Brasília), a cotação de compra e venda do dólar era de 6,8269 yuans, estável ante o fechamento de quinta-feira, que foi de 6,8270 yuans.

O índice Nikkei 225 da Bolsa de Tóquio fechou acima dos 10 mil pontos pela primeira vez em mais de um mês nesta sexta-feira, depois que uma modesta desvalorização do iene e compras de ações por investidores estrangeiros ajudaram o mercado a ignorar a realização de lucros que se seguiu à alta generalizada do pregão anterior. O índice fechou com elevação de 44,92 pontos, ou 0,5%, para 10. 022,59 pontos, na máxima intraday. Foi o primeiro fechamento acima dos 10 mil pontos desde 30 de outubro.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, teve ligeira queda por conta da realização de lucros em ações mais sensíveis a fatores políticos - amanhã serão realizadas eleições municipais. O Taiwan Weighted caiu 0,4% e encerrou aos 7.650,91 pontos.

Na Coreia do Sul, os ganhos em ações de companhias aéreas e de tecnologia lideraram a alta da Bolsa de Seul, em mais um dia de forte entrada de capital estrangeiro. O índice Kospi avançou 0,6%, para 1.624,76 pontos, o maior nível desde 27 de outubro.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 baixou 1,5%, aos 4.702,2 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSEi da Bolsa de Manila recuou 0,9% e fechou aos 3.061,99 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre: mercados 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.