Tamanho do texto

Os mercados asiáticos viveram nesta quinta-feira o terceiro dia consecutivo de euforia, estimulados pela redução na taxa de juros nos Estados Unidos e pela expectativa de uma medida similar no Japão.

A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão em forte alta de 9,96%, graças à desvalorização do iene em relação ao dólar e ao euro e à esperança de redução da taxa de juros no país.

O índice Nikkei 225 ganhou 817,86 pontos, a 9.029,76 unidades. Esta foi a quarta maior alta percentual da história. Tóquio já havia subido 7,74% na quarta-feira e 6,41% na terça-feira, depois da maior queda em 20 anos na segunda-feira.

A Bolsa de Hong Kong encerrou o dia em alta considerável de 12,8%. O índice Hang Seng ganhou 1.627,78 pontos, a 14.329,85 unidades.

Seul registrou forte alta de 11,95%. O índice KOSPI ganhou 115,75 pontos, a 1.084,72 unidades.

Xangai ganhou 2,56%, Sydney 4,04% e Manila 4,73%.

O Federal Reserve (Fed, banco central americano) reduziu na quarta-feira a taxa básica de juros em meio ponto, a 1%, o menor valor desde junho de 2004.


Leia mais sobre: Bolsas asiáticas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.