A revista Science de janeiro traz um artigo que condena a liberalização do comércio proposta pela Rodada Doha. O texto, intitulado Liberalização do comércio e desenvolvimento econômico, diz que a promoção do livre comércio prejudica os países mais pobres em desenvolvimento, em vez de ajudá-los.

Os autores, Jomo Sundaram, secretário-geral assistente da ONU e Rudiger von Arnim, professor de Economia da Universidade de Denver, projetam ganhos de apenas 0,2% do PIB mundial em 2015, provenientes do livre comércio. Dinheiro que deve ficar nas mãos dos países desenvolvidos e grandes países em desenvolvimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.