A Argentina anunciou nesta segunda-feira sua intenção de comprar uma parte dos títulos de sua dívida, após a forte baixa dos bônus do Tesouro argentino semana passada, na esperança de tranqüilizar os mercados.

"O governo decidiu lançar um programa de recompra de sua dívida para o período 2008-2009", antes que os títulos sejam negociados nos mercados, indicou o comunicado do ministério da Economia.

Os bônus do Tesouro argentino cederam cerca de 11% semana passada, com o índice Merval da Bolsa de Buenos Aires em queda de cerca de 6%, ficando abaixo dos 1.800 pontos, pela primeira vez desde outubro de 2006.

A Venezuela recomprou por cerca de um bilhão de dólares títulos da dívida semana passada a uma taxa de 15%, que foram em seguida revendidos, contribuindo para uma forte baixa no fim de semana, segundo a imprensa argentina e à agência oficial Telam.

"O mercado interpretou negativamente as taxas de juros pagas para os bônus adquiridos pela Venezuela", indicou um alto responsável argentino, citado pela agência Telam. Vários comentaristas acham no entanto que a baixa traduz também a preocupação dos investidores com a situação econômica, afetada pela inflação de cerca de 25%, segundo a previsão da maioria dos economistas. Já o governo diz que a inflação não deve passar de 10%.

O governo espera com esta medida tranqüilizar os mercados e dar segurança aos investidores. O ministério da Economia lembrou que a Argentina honrou recentemente o pagamento dos títulos no valor total de 2,345 bilhões de dólares, "transmitindo desta forma uma mensagem de tranqüilidade aos donos dos títulos".

ob/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.