O ministro da Economia da Argentina, Amado Boudou, desembarca hoje em Nova York para tentar sanar a dívida do país com os Estados Unidos, de US$ 20 bilhões. A Argentina decretou moratória em 2001, a maior do sistema capitalista, de cerca de US$ 100 bilhões.

O ministro da Economia da Argentina, Amado Boudou, desembarca hoje em Nova York para tentar sanar a dívida do país com os Estados Unidos, de US$ 20 bilhões. A Argentina decretou moratória em 2001, a maior do sistema capitalista, de cerca de US$ 100 bilhões. Segundo Amado Boudou, a intenção é conseguir um acordo para que o país volte a ter acesso ao mercado de crédito internacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.