Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Argentina trabalha para chegar a acordo sobre dívidas com Clube de Paris

Buenos Aires, 4 ago (EFE).- O Governo argentino disse hoje que trabalha para chegar a um acordo de refinanciamento de dívidas com o Clube de Paris, além de anunciar o pagamento de amortização e juros de bônus de dívida pública por aproximadamente US$ 2,346 bilhões.

EFE |

"Há boa predisposição de ambas as partes", disse em entrevista coletiva o secretário argentino de Finanças, Hernán Lorenzino, sobre as negociações com o Clube de Paris, formado por 19 países desenvolvidos e com quem a Argentina tem divida de US$ 6,3 bilhões.

O funcionário disse que o fim da negociação não está "perto nem longe", e que o processo demorará o quanto for preciso.

Lorenzino afirmou que a Argentina não vê problemas para cumprir com o programa financeiro, que hoje registrou um novo passo com o pagamento de amortização e juros de títulos BODEN 2012 por US$ 2,345,7 bilhões.

Este ano a Argentina deve cancelar dívidas de todo tipo por um total de US$ 6,1 bilhões - compromissos que chegarão a US$ 11,8 bilhões em 2009.

"Não vejo uma dificuldade extra além das necessidades de financiamento do ano entrante serem maiores", disse Lorenzino, que afirmou que a Argentina buscaria "financiamento na medida em que as condições de mercado sejam razoáveis".

"Caso contrário, buscaremos instrumentos alternativos", disse o funcionário.

Segundo os últimos dados oficiais, a dívida externa pública e privada da Argentina terminou março estimada em US$ 127,259 bilhões.

Em junho de 2005, a Argentina concretizou com credores privados uma troca na diminuiu em 65,4% passivos de US$ 102 bilhões em bônus não-pagos. No entanto, em janeiro de 2006, cancelou toda sua dívida de US$ 9,5 bilhões com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

A dívida pública argentina, que no final de 2004 era de US$ 191 bilhões, diminuiu após a troca e o pagamento ao FMI para US$ 104,364 bilhões, equivalente a 67 % do Produto Interno Bruto (PIB). EFE nk/rb/dp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG