Tamanho do texto

A presidente Cristina Kirchner anunciou, nesta segunda-feira, em Nova York, que a Argentina recebeu uma oferta mais do que interessante de três bancos internacionais, que contempla a situação dos proprietários de bônus que não participaram da troca da dívida realizada em 2005.

"Devo lhes dizer, com muito entusiasmo e otimismo, que acabamos de receber, em Buenos Aires, a proposta de três importantíssimos bancos internacionais", revelou Cristina, durante um almoço com empresários em Nova York.

A presidente, que discursou no Council on Foreign Relations, em paralelo à sua participação na Assembléia-Geral da ONU, acrescentou que a proposta dos bancos, cuja identidade ela não divulgou, contempla "duas questões básicas".

A primeira, explicou, é "a situação dos proprietários de bônus que não participaram da troca em 2005, e onde esses bancos nos fazem uma proposta mais do que interessante, precisamente para o tratamento dessa questão em condições, para a Argentina, muito mais favoráveis do que as condições da troca de 2005".

"A segunda parte da proposta, também desses três bancos, refere-se ao refinanciamento dos empréstimos garantidos", negociados em 2001.

De acordo com a presidente argentina, a proposta, caso se concretize, abre a perspectiva de que todos os aspectos pendentes do endividamento internacional de seu país sejam "definitivamente superados".

ltl/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.