Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Argentina pede reunião urgente do Mercosul sobre crise

Buenos Aires, 8 out (EFE).- O chanceler argentino, Jorge Taiana, começou a trabalhar hoje para que se convoque urgentemente uma reunião do Mercosul para analisar a crise financeira global e coordenar posições, informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais.

EFE |

"Taiana iniciou gestões solicitando que se convoque o mais rápido possível uma reunião extraordinária do Conselho do Mercado Comum (CMC) do Mercosul", informaram fontes da Chancelaria argentina.

O CMC é integrado pelos chanceleres e ministros da Economia do bloco integrado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai e que tem a Venezuela em processo de adesão.

"O objetivo é que os ministros analisem o impacto da crise global e coordenem posições comuns", assinalaram as fontes.

O Mercosul, que tem o Brasil exercendo a Presidência temporária, terá sua cúpula semestral em dezembro, e por isso Taiana procura convocar uma reunião ministerial "urgentemente" para fazer frente ao temor econômico internacional. EFE nk/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG