Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Argentina exportou 22% menos trigo para Brasil até novembro de 2008

Buenos Aires, 14 - O Serviço Nacional Sanitário de Qualidade Agroalimentar (Senasa) informou que as vendas de trigo argentino para o Brasil caíram 22% em volume entre janeiro e novembro de 2008 na comparação com o mesmo período de 2007. Enquanto em 2006 as vendas de trigo argentino para o País haviam sido de 6,1 milhões de toneladas, e, em 2007, de 5,6 milhões, de janeiro a novembro do ano passado somaram apenas 3,69 milhões de toneladas.

Agência Estado |

Os analistas calculam que, mesmo com as vendas em dezembro, ainda não contabilizadas, as exportações argentinas de trigo ao Brasil dificilmente devem superar 4 milhões de toneladas. Este é o menor volume de trigo exportado para o Brasil nesta década.

Por trás da queda das vendas estão restrições que o governo impôs às exportações de trigo. Cristina Kirchner determinou limitações aos embarques para garantir produto no mercado interno, e evitar altas de preço ao consumidor. Para este ano, o cenário também é complicado, já que, por causa do clima, a colheita foi menor e as exportações poderiam ser reduzidas a 1,5 milhão ou 2 milhões de toneladas.

O secretário de Agricultura, Carlos Cheppi, afirmou que o governo distribuirá US$ 66 milhões para ajudar produtores prejudicados pela grave seca que assola o país. Mas o anúncio causou frustração entre as lideranças ruralistas, que esperavam que o governo reduzisse os impostos aplicados sobre as exportações de produtos agrícolas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG