Tamanho do texto

A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, anunciou ontem linhas de crédito para estimular o consumo. Em uma delas, os argentinos poderão obter um financiamento no valor de até 50% do seu salário e terão prazo de 12 meses para pagar.

As novas linhas também prevêem financiamentos para pacotes turísticos domésticos em até seis prestações sem juros.

As novas linhas de crédito ao consumo serão licitadas na próxima semana para determinar as entidades bancárias que irão oferecê-las aos seus clientes. A única condição para ter acesso ao financiamento é possuir um cartão de débito automático.

Cristina anunciou ainda um acordo com as principais redes de supermercados para a venda de cestas básicas de 9 pesos a 119 pesos (de R$ 6,2 a R$ 82,88). A presidente explicou que as linhas de crédito para o turismo vão envolver 364 hotéis e 140 operadoras, mas somente aqueles que mantiverem seus empregados, sem realizar nenhuma demissão, poderão ser beneficiados com o programa de estímulo. Cristina disse que o turismo no país gera pouco mais de 1 milhão de empregos.