Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - A Argentina ainda planeja usar suas reservas internacionais para saldar sua dívida não paga com o Clube de Paris, disse o presidente do organismo, Xavier Musca, à Reuters no domingo. A mídia argentina vem especulando sobre a possibilidade de o país voltar atrás em sua promessa de pagar a dívida usando reservas internacionais que podem ser necessárias para dar suporte à economia em meio à crise financeira mundial.

"Eles ainda mantêm a linha de querer pagar a dívida", afirmou Musca após reunir-se com autoridades argentinas no sábado.

(Por Anna Willard)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.